Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Peças’ Category

Caftã

História:
Acredita-se que seja originário da Mesopotâmia. Traje de corte amplo que vai até os tornozelos, aberto na frente e dotado de mangas compridas e largas. Constumava ser amarrado com uma faixa de seda ou algodão. Na década de 50, Dior apresentou versões do caftã sem a faixa, usado sobre vestidos toalete que iam até o chão. Durante os anos 60, Halston e Saint-Laurent foram apenas dois dos estilistas que utilizaram essa forma básica. Na década de 70, os caftãs foram muito usados como trajes de noite e, cortados em proporções muito generosas, com vestidos de casa. Algumas versões possuíam zíper desde o tornozelo até o pescoço. A maioria era usada sem faixa. A forma do caftã também é empregada em camisolas. Podem ser feitos de quase todos os tecidos. São muitos populares os caftãs de tecidos sintéticos que delineiam as formas do corpo, assim como de cetim e tecidos bordados.

Modelos:
Em inúmeros modelos, cores e estampas, os caftãs aparecem curtos ou longos para todos os gostos femininos. Com recortes, decotes e mangas diversificados e túnicas que lembram vestidos ou batas confortáveis.

Modo de usar:
Os caftãs podem ser usados nas praias e piscinas, por cima dos biquínis e maiôs, garantindo visuais sofisticados.
Transportando-se para a moda urbana, os caftãs também podem ser usados no dia-a-dia, com rasteiras ou sandálias, em forma de vestidos ou com mini shorts. Já para a noite, garantem glamour: os mais curtos podem ser usados com leggings e shorts, saltos altos ou até mesmo como túnicas sofisticadas. Invista nos acessórios para complementar o visual!

Fonte: Portais da moda

Anúncios

Read Full Post »

Spencer

Como não conheço quase que absolutamente nada sobre nomes de peças, eu andei lendo na esperança de achar alguma e achei! Ela se chama Spencer!!

Spencer é um casaco bem curto, que fica acima da cintura, e surgiu em 1790 na Inglaterra.
Originalmente, ele era um fraque de lã e teria sido decorado com medalhas militares. O nome foi criado a partir de seu criador, George Spencer, 2º Conde Spencer (1758-1834). Há rumores de que o conde, frustrado porque as caudas de sua vestimenta ficava presa em arbustos (do tipo das framboesas), rasgou-a durante uma caça. Uma outra história, porém, conta que um incêndio queimou as caudas. De qualquer maneira, ele originou inconscientemente uma nova moda.
O casaco foi logo adotado pela moda feminina nos dois lados do Atlântico, durante o período de estilo regência, que data de 1790 até 1820. A moda voltou nos anos 20, mas somente entre as mulheres.
O uso do termo Spencer continuou no século XIX para significar, de forma mais geral, qualquer tipo de jaqueta ou casaco curto.

Aqui está a foto de um Spencer da época de regência.
Photobucket

Aqui são várias fotos de Spencers atuais.

Fontes: Wikipédia, My closet Fashion

Read Full Post »